sexta-feira, 18 de julho de 2014

Protesto denuncia policiais por sumiço de adolescente em aglomerado de BH



O desaparecimento de um jovem de 15 anos, sem solução há quase dois anos, provoca uma manifestação na manhã desta terça-feira (8), na porta da Delegacia Especializada de Crianças Desaparecidas, em Belo Horizonte. A família e amigos de Mateus de Souza Lopes denunciam policiais militares pelo sumiço o jovem na Pedreira Prado Lopes, aglomerado da região noroeste da capital mineira. Os manifestantes vão caminhar 300 metros, até a rua Popular, onde o jovem foi visto pela última vez.

Mateus Lopes, apelidado de Ronaldão, sumiu no dia 17 de setembro de 2013. Na véspera,havia comprado uma motocicleta furtada de um usuário de drogas por R$ 100.Ele levou dois colegas para passear de moto pela PPL. No fim da tarde, estacionou o veículo na rua Popular, em frente a um lote vago. Por volta das 20h, voltou para pegar a moto, mas se deparou com uma viatura da PM e desistiu de retirar o veículo.

Segundo amigos, uma hora depois, Mateus saiu da casa da avó dizendo que iria buscar a moto. Ele nunca mais foi visto. Um vídeo divulgado por manifestantes mostra um apelo da avó do jovem, Lúcia Silva, para encontrá-lo.

— Eu gostaria de saber quem desapareceu com ele. Nós queremos ao menos desenterrar os ossos. Porque não têm direito de fazer isso com uma criança. Queremos punir quem fez isso com ele. Vamos continuar procurando até encontrar.

Procurada pela reportagem, a Delegacia Especializada afirmou que o delegado Leonardo Costa instaurou inquérito para apurar o caso e que a Justiça autorizou medidas previstas pela polícia. Por correr em segredo de Justiça, o policial não quis dar entrevista sobre o caso nem informou quais medidas judiciais foram determinadas. A Polícia Militar não se pronunciou sobre o caso.
 

fonte>>http://noticias.r7.com/minas-gerais/protesto-denuncia-policiais-por-sumico-de-adolescente-em-aglomerado-de-bh-08072014

Nenhum comentário:

Postar um comentário